As indicações ao Oscar 2020 foram divulgadas ontem (13) e deram continuidade à polêmica de ter apenas homens indicados na categoria de Melhor Direção, mesmo com vários filmes bons dirigidos por mulheres este ano. Uma delas é Greta Gerwig, a diretora de Adoráveis Mulheres. Em uma entrevista para o Deadline, Saoirse comentou o que acha da não indicação de Greta nas premiações:

“Estou muito feliz que a Academia tenha reconhecido [Gerwig] por Roteiro Adaptado, e acredito que, se você foi indicado para Melhor Filme, você foi essencialmente indicado para Melhor Direção”, observou ela. “Mas para mim, Greta, desde que começou, fez dois filmes perfeitos, e espero que quando ela fizer seu próximo filme, ela seja reconhecida por tudo, porque eu acho que ela é uma das cineastas mais importantes agora.”

Ronan não acha que o desprezo atrapalhe Gerwig como cineasta. “Isso apenas a deixa mais determinada a fazer um trabalho brilhante e a continuar fazendo ótimos trabalhos por aí”. “Naturalmente, como amiga dela, mas também como alguém que assiste todos os dias o quão brilhante ela é, eu sempre sinto que ela merece mais.”

A atriz, que se tornou a segunda artista mais jovem a receber quatro indicações em sua carreira, suspeita que a Academia possa ter trabalho a fazer para reforçar sua representação no cinema feminino. Mas ela diz: “Desde que todas as premiações começaram, ela tem sido negligenciada, o que nos fez dizer: ‘Isso está acontecendo’ é que o filme já ganhou mais de cem milhões de dólares. É maravilhoso ganhar prêmios, mas se o seu filme faturar US $ 100 milhões nas primeiras semanas de estréia, será o melhor jeito para abrir caminho para outros filmes como este, e isso é algo que Greta fez. Estamos chegando ao estágio em que não podem continuar negligenciando [mulheres cineastas] do jeito que estão. ”

Fonte | Tradução e Adaptação – Saoirse Ronan Brasil

Posts relacionados: